Estrada Afora com o buscaOnibus

Vai viajar? O que você precisa saber sobre a vacina da Febre Amarela

Viajantes precisam estar atentos à exigência da vacinação da Febre Amarela

Viajantes precisam estar atentos à exigência da vacinação da Febre Amarela

Os casos confirmados de infecção por febre amarela no Brasil acenderam o alerta para a importância da vacinação e quem vai viajar ou está planejando sua viagem precisa ficar atento.

 

Pesquise no buscaOnibus horários e passagens para suas viagens pelo Brasil!

Vários países exigem a vacinação para quem está saindo ou vai passar por áreas onde há risco de transmissão da Febre Amarela, uma doença infecciosa grave, causada por um vírus e transmitida por mosquitos.

Vacinação para viagens dentro do Brasil

 

Recomendamos que antes de viajar dentro do Brasil, você confira a lista a seguir para saber quais são as localidades com risco de contágio da Febre Amarela. Para viagens domésticas, não é obrigatório tomar a vacina, mas caso você vá para uma região de matas, é altamente aconselhável tomar a vacina para se proteger da doença.

Vacinação para viagens internacionais

 

Alguns países exigem do viajante o CIVP (Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia) emitido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O Certificado só será concedido para aqueles que tomarem a dose padrão da vacina e não a fracionada, como oferecida em alguns estados brasileiros.

Pessoas que vão realizar viagens internacionais devem apresentar um comprovante da viagem, como o bilhete da passagem numa unidade pública de saúde, no momento de solicitar a vacina.

Dose padrão ou fracionada?

 

Pesquise no buscaOnibus horários e passagens para suas viagens pelo Brasil!

Vacina da febre amarela leva 10 dias para ter efeito após a aplicação

Vacina da febre amarela leva 10 dias para ter efeito após a aplicação

Segundo a Anvisa, as vacinas levam de 10 dias a seis semanas para efetivarem a imunização. Por isso, é importante ter em vista essa janela entre o dia da vacinação e a data da viagem, já que alguns países impedem a entrada dos viajantes em períodos mais curtos do que esse.

A exigência internacional é pela dose padrão da vacina. Após se vacinar, cadastre-se na página da Anvisa. Depois, vá ao centro de emissão para assinar o documento. No dia, leve o cartão de vacinação e um documento de identidade. Todo o processo é gratuito.

Desde julho do ano passado, o documento só é concedido a quem comprovar que vai desembarcar em algum país que exige a certificação.

Organização Mundial da Saúde (OMS) mantém uma lista dos destinos que exigem a documentação. Entre os países da América do Sul que exigem a certificação estão Bolívia, Paraguai, Colômbia, Venezuela e Equador.

Para saber mais sobre a transmissão da doença e sintomas acesse o site da Fundação Oswaldo Cruz.

Veja mais dicas interessantes:
Dez destinos baratos para viajar pelo Brasil
Espaço Mulher: o lugar só delas no ônibus
Check-in online da passagem de ônibus

Conheça aqui os tipos de ônibus.
Dicas para comprar passagem online de ônibus.
Os direitos de quem possui deficiência

Como viajar com o seu animal de estimação
Tire suas dúvidas para viajar de ônibus com crianças

Tinder revela quais destinos vão bombar neste verão

Desejamos ótimas festas!